sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

via funes

Em
Ponto de passagem
C
Cidade internacional
Em
Os espiões vão de viagem
C
Joga-se o xadrez mundial

G B
aaah, tudo é diferente
Em B
aaah, no cairo quente

Em
Desfilar de presidentes
C
Diplomatas elevados
Em
Todos querem noites quentes
C
E não ficarem queimados

G B
aaah, tudo é diferente
Em B
aaah, no cairo quente

{Refrão}:
Em
Cairo
G
Distante, Cairo
Bm
Excitante, Cairo
Em
Apaixonante

Isto é o
Em
Cairo
G
Distante, Cairo
Bm
Excitante, Cairo
Em
Apaixonante


Capitão do mistério
Terra de aventureiros
Já ninguém parece serio
É um local de guerrilheiros

aaah, tudo é diferente
aaah, no Cairo quente

{Refrão}

Em
Ponto de passagem
Cidade internacional
Os espiões vão de viagem
Joga-se o xadrez mundial

aaah, tudo é diferente
aaah, no cairo quente

{Refrão} x...

do pobo do norte

Cada um acredita no que quer
A imprensa de hoje reflecte aquela histeria colectiva habitual em torno do Benfica sempre que este consegue uma vitória com significado. JJ voltou a ser o maior estratega do mundo, o AVB é o miúdo que "levou um banho de táctica" e a tribo vermelha exulta com as palavras sábias dos seus heróis argentinos e espanhóis que vão debitando banalidades em torno da "criação de instabilidade na equipa do Porto", como se o jogo de ontem tivesse contribuído de algum modo para o encurtar da distância que os separa de nós na classificação da Liga Portuguesa. Para aqueles benfiquistas que ainda não fizeram as contas, aqui fica um resumo: vencer uma diferença de 8 pontos (ou seja, mesmo assumindo que vão vencer o SCP, coisa que está longe de ser um dado adquirido) corresponde a esperar que o Porto perca 3 dos 13 jogos jogos que faltam disputar... e que o SLB não perca sequer um pontinho! Na realidade, o resultado prático dos 5-0 é que são absolutamente inultrapassáveis, porque do mesmo modo que é improvável que o Porto vença na Luz para a taça por 3-0, é ainda menos provável que perca por 5 ou 6 para o campeonato, não é? E lá sobra mais um pontinho da "vantagem directa". Perceberam agora?

Concordo.

o meu barão está fodi€£‰‰¶