quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz Natal

o blog deseja a todos um feliz natal.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Porto Escadas do Barredo

LOL para a legenda desta imagem.
Pois! Acabei de ler a empresa alemã e Bruno Labadia (o treinador do "VfB Stuttgart") diz que o Benfica é um clube de tradição. O que significa, traduzido em miúdos, que já foram alguém e agora não valem um caralho ...!


mais um benfas parolo e muito parolo

o poncio está a atar as botas ...pena que não seja também o amigo/chefe dele !!

Adenda muito linda.LOL



O que gostam as crianças
25 Março 2009 | 00:01
Lucia Crespo - lcrespo@negocios.pt
Imprimir|Enviar|Reportar Erros|Partihar|Votar|Total: 2 VotosTamanho

A Vodafone é a marca escolhida para o telemóvel, o FC Porto é o clube desportivo preferido, Hannah Montana, Panda Kung Fu e Cristiano Ronaldo são as personagens predilectas. TVI, Canal Panda e Disney Channel são os canais de televisão que mais gostam de ver.

Frank Zappa the Best conductor ever


se puderem ver,
vejam a diferença de idades e de realidades.
FZ Rules

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

A minha Cidade.Porto





ó rio,
bai lá bêre se eu estou du outro ládo.

do Renovar o Porto

A foto ao lado(apv) é uma imitação ridícula do Hercule Poirot lisboeta, patético e complexado. Como sabem, Poirot é um detective privado, criado pela talentosa escritora britânica Agatha Christie que se tornou conhecida na produção de novelas policiais.

Ao contrário da escritora, cuja fama atingiu níveis de popularidade internacionais, esta criatura esguia e de aspecto cadavérico, só conseguiu ter alguma visibilidade em Portugal como cineasta porque o Estado centralista tudo fez, e continua a fazer, para lhe dar algum protagonismo com subsídios e apoios de toda a espécie.

Curioso, é reparar que António Pedro Vasconcelos, apesar de ser um ilustre desconhecido em termos internacionais, se sente muito confortável a criticar o vetusto cineasta Manoel de Oliveira, como se ele próprio estivesse a um nível superior, desprezando o reconhecimento internacional e os inúmeros prémios recebidos pelo realizador portuense em vários festivais de cinema. Mas, agora que o Estado, através da RTP, nos deu a oportunidade de o conhecer melhor em sectários Trios de Ataque, será caso para nos admirarmos? Não, não é, mas o que é demais é moléstia.

António P. Vasconcelos exibe perante as câmaras da televisão tudo aquilo que há de pior na sociedade portuguesa: a inveja e a falta de carácter. De facto, basta consumir alguns minutos para apreciar o seu comportamento no referido programa e perceber que ali não se discute, exactamente e só, futebol, dita-se o centralismo, com capital em Benfica. E para isso, vale tudo, até queimar autocarros!

Quem, por presunção intelectual, ou simples vaidade, continuar agarrado à ideia de que o futebol é um mundo menor, distinto do resto da sociedade, fará mal se não dedicar algum tempo a observar este tipo de programas pois isso poderá ajudar a compreender outros fenómenos de prepotência e discriminação que a política ainda consegue mascarar. Na RTP, como noutros canais sediados em Lisboa, aqueles programas onde seria suposto debater-se o futebol - o desporto dilecto dos portugueses -, o que se discute resume-se a um assunto: arbitragens.

O espectador incauto [ingénuo, ou futebolisticamente inculto] poderá até admitir que esses desvios programáticos em que subitamente a nomenclatura se desajusta do conteúdo, deixando portanto de fazer sentido , se devem apenas à incompetência de quem os concebe e dirige, mas é aí que está o engano. Os crónicos desvios temáticos destes programas [Trio de Ataque, na RTPN, Dia Seguinte, na SIC e Prolongamento, na TVI24], são intencionais de acordo com as circunstâncias, isto é, afastam-se sistematicamente da componente técnico-desportiva, para a componente das arbitragens, quando o centralismo representado pelo Benfica começa a perder terreno [pontos] em relação ao seu inimigo visceral da "província", o Futebol Clube do Porto. O fenómeno é recorrente e tem a cobertura activa do regime.

Só que, este miserável cenário é suficientemente sofisticado, porque na aparência é democrático... De facto, cada clube, dos três mais populares, tem o seu representante que teoricamente dispõem de "toda" a liberdade para o defenderem, só que as coisas não são exactamente assim. No programa Trio de Ataque [e nos outros é a mesma coisa], o pivôt está nitidamente instruído para dar mais protagonismo ao representante do Benfica que ultrapassa sempre o tempo de antena que é concedido aos outros dois participantes. Além de que, interrompe constantemente os seus interlocutores vitimizando-se exactamente para disfarçar os excessos e poder voltar a falar logo a seguir. Nisto, o detective/cineasta falhado, é exímio. Mas é exímio porque tem a conivência do pivôt, que por sua vez está mandatado pelo seu director para dar lastro a esta discriminação em nome do glorioso clube do absolutismo!

Por isso, o cineasta subsídio-dependente faz o que lhe dá na gana. Insinua, difama, provoca, mente, envenena, contradiz e insulta impunemente. Enfim, tem as costas quentes, porque sabe que lá no fundo, o Estado com todos os seus representantes incluídos, é o seu grande mestre e protector.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Mais uma parola.

em rodapé na tvi24
eusébio comemora 50 anos de benfica.
é pá,
o eusébio ainda joga?
LOL

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

3 parolos benfiquistas a falar nas televisões

primeiro parolo.
antónio pedro vasconcelos
segundo parolo.
rui gomes da silva
terceiro parolo.
fernando seara
1.rtpn
2.sic.n
3tvi24



Não gosto de parolos

quem acha que lisboa é portugal,
é parolo.
Não gosto de parolos.

sábado, 11 de dezembro de 2010

A Melhor da Noite.os benfiquistas vão suspender o boicote aos jogos

Vieira anuncia fim do boicote aos jogos foraPor Redacção

Luís Filipe Vieira anunciou este sábado, em carta dirigida aos presidentes das Casas, filiais e delegações do Benfica, o fim do boicote aos jogos fora. Apelos da família benfiquista mas também de outros clubes motivaram a decisão do presidente dos encarnados, avalizada pelos órgãos sociais do clube.

«Fui alvo, ao longo dos últimos meses, de muitos apelos, de pessoas singulares e de várias Casas do Benfica e até de Clubes. Fui sensível a esses apelos e levei o assunto ao plenário de órgãos sociais que ontem [sexta-feira] se realizou, tendo sido decidido que - independentemente da razão que nos assiste - é tempo de retirar o apelo ao boicote e continuar a acreditar na equipa campeã nacional. Juntos, como sempre, e determinados como nunca, vamos ultrapassar todos os obstáculos», escreve Vieira.

«Vencemos o desafio que tínhamos proposto», defende, sublinhando que «nem mesmo o facto de muitos benfiquistas se terem deslocado aos estádios do Algarve e de Aveiro pode ser visto como um sinal de fraqueza, mas antes um sinal da nossa força».

«Partilho do desencanto dos benfiquistas»

Na missiva que dirige aos representantes locais do Benfica, Luís Filipe Vieira diz compreender o «desencanto» com «o percurso acidentado» da equipa orientada por Jorge Jesus, mas lembra que decisões «a quente» ou seguir pelo «caminho mais fácil» podem originar os «maiores problemas».

«Quem não tem memória arrisca-se a ser ingrato, e há uma coisa que este clube não pode perder, a sua memória e a sua gratidão a todos os que contribuíram para engrandecer a nossa história. Sei do desencanto dos benfiquistas. Partilho desse desencanto, lamento o percurso acidentado que temos vivido, mas estou certo de que os primeiros a lamentá-lo são os nossos jogadores e a nossa equipa técnica. De uma coisa tenho a certeza: nunca devemos cair na tentação de reagir a quente, ou escolher o caminho mais fácil, porque o caminho mais fácil, muitas vezes, é aquele que nos leva aos maiores problemas», alerta.

Eis o conteúdo da carta de Luís Filipe Vieira:

«A minha última carta aos Sócios, em que transmitia o meu entendimento e reforçava o meu apoio às decisões tomadas no plenário de órgãos sociais, reunido no mês de Setembro, provocou um conjunto vasto de reacções, sinal positivo e o melhor indicador do incómodo provocado pela decisão então assumida. Quero, por isso, começar esta carta por agradecer aos milhares de Sócios e adeptos que podendo ter-se deslocado a jogos que a equipa realizou fora de portas, não o fizeram, porque perceberam que a força do Benfica está na união e que, situações graves exigem medidas excepcionais.

Demonstrámos, durante este tempo, a nossa força, o valor das nossas convicções e, por muito que alguns teimem em não querer ver que em estádios de 30 mil lugares, a lotação não chegou a metade da sua capacidade, não é por isso que deixámos de ter razão. Vencemos o desafio que tínhamos proposto. E, nem mesmo, o facto de muitos benfiquistas se terem deslocado aos estádios do Algarve e de Aveiro, pode ser visto como um sinal de fraqueza, mas antes um sinal da nossa força. Neste clube a unanimidade não se alcança - como em outros clubes - pela intimidação daqueles que discordam. A grandeza deste clube resultou, exactamente, de termos sempre sabido construir a nossa história na diversidade e na possibilidade de todos se exprimirem livremente. É isso que nos diferencia e é isso que nos engrandece!

Todos aqueles que foram a Faro ou a Aveiro partilham da mesma vontade e da mesma convicção dos muitos milhares de benfiquistas que decidiram respeitar o apelo que lhes foi feito, disso não tenho dúvidas. Todos eles sentem e vivem o Benfica com a mesma intensidade e querem o melhor para o seu Clube.

Não faço discriminações, nem recrimino aqueles que foram, mas evidentemente percebem que tenho de dirigir uma palavra especial de agradecimento a todos aqueles que com a sua ausência nos deram a sua compreensão em função do que lhes tinha sido pedido. Quero agradecer particularmente a todas as Casas do Benfica que não só acataram como souberam dinamizar-se em defesa do apelo que então foi lançado! As Casas do Benfica perceberam o alcance do pedido e trabalharam no sentido de honrar esse pedido. Quero, ainda, esclarecer que a posição que tomámos não foi contra os clubes, mas antes contra algumas pessoas que se movem nas sombras da legalidade e da ética e teimam em querer arrastar o futebol para um lugar que não é o dele.

Fui alvo, ao longo dos últimos meses, de muitos apelos, de pessoas singulares e de várias Casas do Benfica e até de Clubes. Fui sensível a esses apelos e levei o assunto ao plenário de órgãos sociais que ontem se realizou, tendo sido decidido que - independentemente da razão que nos assiste - é tempo de retirar o apelo ao boicote e continuar a acreditar na equipa campeã nacional. Juntos, como sempre, e determinados como nunca, vamos ultrapassar todos os obstáculos.

Quem não tem memória arrisca-se a ser ingrato, e há uma coisa que este clube não pode perder, a sua memória e a sua gratidão a todos os que contribuíram para engrandecer a nossa história. Sei do desencanto dos benfiquistas. Partilho desse desencanto, lamento o percurso acidentado que temos vivido, mas estou certo de que os primeiros a lamentá-lo são os nossos jogadores e a nossa equipa técnica. De uma coisa tenho a certeza: nunca devemos cair na tentação de reagir a quente, ou escolher o caminho mais fácil, porque o caminho mais fácil, muitas vezes, é aquele que nos leva aos maiores problemas».

LOL

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

do Boronha(by Rui Lima)

"Obrigado portugueses temos de novo o Sta Maria conosco!"
Frase imortralizado por Salazer quando um punhado de jovens lobos decidiu dar uma machadada no regime pôdre, bafiento, bolorento e salazarento que reinava no Imperio nos anos 60.
Os pretensos herdeiros do poder balofo e paralelo que reinam em Portugal sem Rei nem roque,reveem-se no desepero da pretensa instituição que ainda esbraceja no poder vazio e corrompido que nos arredores de uma Lisboa triste, amarfanhada e falida se prepara para escutar uma michuruca e mijona Lady Gágá , uma estrela formatada pelos chamados medias e que de cantora ,actriz ou meretriz cara valerá para mim zero ! Mas zero á esquerda ...................... nem de ambulancia lá ia.................................
Mas que importancia tem num país á beira da falencia a contratação desta mentecapta pseudo-cantora ?
Os meninos e as meninas gostam..........os paizinhos pagam, quer o dinheiro que ganham e gastam venham daquilo a que eles pomposamente chamam provincia ou regiões autonomas.Que interessa que os bilhetes sejam caros ?Que interessa que centenas de fabricas e comercios fechem lançando no desemprego milhares de trabalhadores ? Que interessa a imobiliaria estar paralisada,enquanto milhares de seres humanos vivem em barracas ?
O que é preciso é vender automoveis ,vivendas caras e ferias que alguem há-de pagar,
como caras são as contratações e os dispendios milionarios com que a Lisbonaria tenta sobreviver ao descalabro que aí vem ou virá mais cedo ou mais tarde. O ridiculo espectaculo de José Sá Fernandes do seu rival de estimação Pedro Santana Lopes e outros abutres que por lá vegetam conduziram a capital do Imperio a um beco sem saida. Entre farpas e dichotes ,tuneis ou casinos lá fica o saudoso Parque Mayer , a Feira Popular abandonada e uns contentores á beira rio para que aqueles que querem apreciar as belezas do Tejo fujam a sete pés desta capital e para os netos dos nosso netos um dia saberem que por ali passaram um bando de cretinos suportados por um regime corrupto e preguiçoso cujo unico acto conhecido são uns almoços e jantares nos sitios suspeitos do costume e uma sobrevivencia envorgonhada á custa de uns bancos que ainda sobrevivem ao estertor mais que anunciado
Vem isto a proposito das cronicas dos recem acordados mas sempre coniventes com aqueles que enganam, subvertem e lançam ilusões sobre os adeptos do clube perdedor da Luz.
Acharam o bode expiatorio que por acaso até lhes deu um campeonato, ele e o (pobre) Cesar vão ser as vitimas do sistema..........
Cesse tudo o que da antiga musa canta que de Balboas,Adus e quejandos os Vieiras e os Maestros não se levantam ! Nem se responsabilizam, qual ditadores ou sobas do interior da Africa profunda !
Os Delgados,os Alexandres,os R Santos,os Octavios ribeiros,os Saraiveiros e o conjunto de comentadeiros e paineleiros capitaneados pela cronista do cabelo sujo sabem há muito o que a casa gasta e vende..........só agora acordaram ?
Foi preciso Vale e Azevedo ser condenado na Justiça Verdadeira e não no Supremo da Liga e da Fpf para entenderem quem andava por ali ?
Daí que a mensagem de LFV a ser transmitida pelo canal oficial do clube e por todos os outros associados numa especie de Emissora Nacional e União Nacional que felizmente os mais novos nunca conheceram,me faz lembrar a mensagem hipocrita e desesperada de Salazar. O regime estava pôdre e caíu mais cedo do que nós estimavamos,não sei se o estertor do benfica virá a seguir a este discurso mas que gostava lá isso gostava. Não pelo clube ,nem pela equipa nem pelos socios e adeptos,mas por todos aqueles que nos enganam á anos e tentam confundir e alienar a opinião publica.
Conosco jamais passarão ! Nós não deixamos !
Rui Lima.

LINDO

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

parolos ou benfiquistas

Porque será que qualquer,
sim qualquer benfiquista,
é parolo?
porque será que são todos demagógicos?
Pronto.
é lá com eles.

Parolos.

Adenda

Liga Europa: Benfica não será cabeça-de-série no sorteio

F.C. Porto, Sporting e Sp. Braga vão estar no primeiro pote

LOL

domingo, 5 de dezembro de 2010

Aviôes

e não é que é o FSC_OPO








aqui tb.







A340 da iberia







another one









and
another one







e
outro
A340

terça-feira, 30 de novembro de 2010

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

domingo, 28 de novembro de 2010

Obrigado Zé Luis

O resto, com o FC Porto ainda imbatido, continua para bingo.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

de um cidadão anónimo(via regiôes)

(Carta de um cidadão anónimo)

Caro Nortenho


Com toda a certeza, do cimo do seu nariz e na sua arrogância provinciana de Nortenho que lhe é tão intrinsecamente carnal, deve dizer à boca cheia que é homem e mulher do norte com toda a pompa e circunstância.

Para tamanho ego, nada tão irónico como pertencer a tão pobre região. Eis alguns factos que não pode ignorar senhor nortenho:

- O Norte passou de região industrial e burguesa a região das maiores taxas de desemprego e de pobreza tão flagelante que se expressa já em fome em muitos locais e não fechemos os olhos.

- De sua Capital, Invicta cidade do Porto, estandarte orgulhoso, a região norte perde dia após dia influencia e poder na nação “portuguesinha”, sendo cada vez mais um satélite de Lisboa sem capacidade de decisão.

- No referendo à regionalização, a maioria do nortenho, aflito pela divisão da sua pátria votou não, ao que compreendemos que foi uma boa opção se olharmos a que naquela altura, o norte era dividido em várias regiões, mas uma péssima opção se olharmos ao facto que isso só ajudou à transferência de mais poder para Lisboa.

Aproveito para deixar aqui a pergunta: Estando agora o Norte todo unido sob uma única região, não seria de facto a altura correcta para exigir o estatuto de região autónoma? A Madeira e os Açores deram-se bem, muito bem aliás, se pensarmos que a Madeira é bem mais rica que o distrito do Porto, sim senhor nortenho, pode ser uma facada no seu orgulho preguiçoso e desinteressado.


- Enquanto nos ocupamos a trabalhar ou lá o que fazem, a fazer cânticos de como somos bons, regiões como o Alentejo, a Madeira, batem com a mão na mesa e exigem, fazem barulho e lá vão conseguindo o que querem. Serão os políticos deles melhores? Será o povo lá mais lutador? E então, o nortenho é o quê? Factos, são factos e o Norte esta cada vez mais pobre.

- O Distrito do Porto apresenta a 3ª maior taxa de crescimento populacional da Europa, sim, da Europa e mesmo assim nada se passa por esses lados…Estaremos condenados a ser mais um aglomerado populacional? Amadoras há muitas…

- Nas barbas dos tripeiros, que mais parecem burros ceguetas, Lisboa capta as maiores empresas, sendo as multinacionais sedeadas no norte prejudicadas intencionalmente pelo governo central para se mudarem para Lisboa…o que pretendem com isto? Fácil meus caros, uma região sem poder de decisão é uma região sem voz e mansinha, uma ovelha no rebanho e que todos sabemos facilita o trabalho a quem nos governa, um velho pastor chamado capital!

- Eventos de renome, como no caso da moda, da arte, do cinema, estão gradualmente a mudarem-se para Lisboa e no fundo não podemos condena-los uma vez que eles apenas tentam sobreviver e o governo central torna-lhes isso cada vez mais impossível, simplesmente pela sua posição 350km a norte de “nossa” capital!

- Vejamos em concreto o caso da SONAE, chefiada pelo Nortenho mais resistente da actualidade, um senhor de seu nome, Belmiro Pinto de Azevedo. Numa altura em que todas as multinacionais se mudam para Lisboa, ele resiste, mantendo o centro de comando da SONAE no Porto, mas por quanto tempo, sabendo que o que ele já resistiu faz dele um herói. Debaixo dos vossos narizes, vocês nem percebem que até no caso da OPA à PT, foi tudo dificultado pelo simples facto de esta cair em mãos nortenhas e mesmo correr o risco de vir a ser transferida para o Porto.

- Não sendo eu um apreciador de futebol, tenho de reconhecer que a imprensa, pelo menos a pesada, está toda a sul e isso deixa em maus lençóis qualquer um que levante a voz cá para cima, pois é de imediato abafado ao passo que é dado muito mais voz a quem nos fala da Capital. Não quero dizer com isto que não haja podridão das demais instituições desportivas mas a pergunta que deixo é: será só no Norte?

- O Porto foi sempre uma cidade Burguesa, de gente lutadora, diria mesmo que somos salvadores da Pátria em tempos de crise mas esquecidos em tempos de glória. Inúmeros Reis, presidentes, e até um ditador chamado Salazar passaram pelo poder deste jardinzinho e no fundo, o que fizeram eles? Acudiram ao choro de Lisboa, como se de uma criancinha mimada se tratasse, ficando o Norte e o Porto constantemente votados ao abandono e ao crescimento por si próprios. Se estamos assim sem eles, imaginem como estaríamos com uma ajuda igualitária. Para relembrar aos amantes de Salazar existentes no Norte, uma mensagem: vocês são burros e estúpidos ao quadrado, pois esse senhor só tinha olhos para a sua capital e para as suas colónias servindo todo o resto da nação como celeiro.

- De lembrar, a Galiza mesmo aqui a Norte mantém a sua palavra em como o seu território original vinha ate ao douro e vila nova de gaia, ou seja, em tempos idos, englobava todo o território do Norte português. Também de referir a paixão da Galiza por Portugal, sincera, um amor separado quase à nascença, uma historia cruel de afastamento mas não pensem caros portuguesinhos na vossa inocência quase ignorante que eles querem ser portugueses, tão pouco querem ser espanhóis é verdade, eles apenas querem a união do Norte de Portugal com a Galiza, mas não por sentimento de conquista mas sim por pura empatia.

- Talvez convenha relembrar a Lisboa que a maior ameaça a um casamento é tomar o parceiro como adquirido e parece-me conveniente relembrar que podemos ter alternativas a este casamento e quem sabe, com este ciúminho, não se apimenta a relação entre Norte e Sul.


Sem mais assunto e com uma réstiazinha de esperança em vocês


Cidadão anónimo

o meu novo cão adoptado

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

e queria ele ganhar a Champions

uma das melhores capas do rascord.

sou judeu desde pequeno.Oliveira

Nunca tinha ouvido falar deste clube.
.......
À são os campeões de Israel.
Ganhou ao campeão nacional.
AHAHAH

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Cinco Fotos Cinco Marrocos


E como eu gosto muito sempre de cinco fotos,
aqui é um "tablier" 5 estrelas marroquinos.

O rio corre tranquilo

Como se pode ver,ainda bem que a Asae não existe aqui.

Num mercado tradicional

Marrocos algures na aproximação ao Atlas

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

grades e .....
tudo para controlar.
o comérçio está aberto,
mas está mau
saltámos do cenário rico do dubai,
para cá.
defesa sem dinheiro para salários(correio do manha)
os manifestantes violentos não vieram(público)
obama veio mediar um conflito qualquer.
nuclear e o diferendo frança e alemanha.
luis amado longe de sócrates já à muito tempo.
sócrates ...
metro de lisboa não faz serviços mínimos.....
conçessionários não pagam qualquer coisa.....
é estes principais jornais........
o i destaca o desamarmento do pessoal....
obama é obrigado a ter a última palavra.
a nato é uma senhora velhota.....
nova otan,
conceito estratégico.
a russia é perto.
os problemas do mundo são outros,
a américa e a europa estão muito unidas,
para muitos dos países,
é face a tudo
não querm contribuir com mais oeiras ou não.
a estratégia da belavista....
ou outro sítio qualquer.....
oieras ou marrocos é a mesma coisa.......
o ss já mandou congelar qualquer coisa ,
para pagar qualquer coisa e à uma certa ginástica para pagar qualquer coisa porque.......
sabem como é importante e estámos em crise,
e a remodulação do governo como o correio da manha diz e tal,
o ministro da economia tem esperança e tal,
inês obrigado e tal.
Notíçias em portugalo.

(cheio de erros)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

20.000 en el estadio de la Luz en un aforo de 65.000 espectadores.

Decepcionante entrada en La Luz para promocionar la candidatura ibérica

  • "Se trata de una gran candidatura de dos países unidos por un mismo objetivo y lo que esperamos es que sea un sueño hecho realidad para los dos", manifestó Figo

17/11/10 - 22:16.

Decepcionante respuesta de los aficionados portugueses que apenas acudieron en un número cercano a los 20.000 en el estadio de la Luz en un aforo de 65.000 espectadores.

O OPORTO jogou hoje?

é pá eles eram tantos que eu reconheço que fiquei baralhado.
RC
BA
BO
RM
HP
HA
PM
JM

Parabêns.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

F16 LPPR TAKE-OFF

hoje no Porto um F16 a ir para lissabona.

F16 no Porto


este devia estar na capital a espionar e a controlar os ares de portugal.
e não é que logo de seguida rumou a sul?

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

UEFA Cup Final 2003 : Celtic vs Porto - Highlights

Um video para ver e rever.
Algo me diz que este nosso Porto ainda pode ser melhor.
Obrigado André Vilas Boas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Mais 5 de marrocos

o 1º de 5 lamparinas

no suk a 2ª 

o 3º em Marraquexe

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

5 fotos na mouraria marroquina

5 placas aqui em marrocos.
tudo em azul e branco.
eu aqui na mouraria,
achei por bem pensar em cinco placas.
e a primeira é Azul.
Obrigado PORTO
é pá aqui não tem sport tv
e a procura continua.
como a casa é "encarnada" estou na mouraria
e eu à procura de um sítio para ver o meu FCP
estava eu a tentar a ver o que é que as placas dizem...........5 placas

Porto 5-0 Benfica [com relato]

GOLAÇO DE LETRA: Falcão humilha e faz gol de letra no clássico contra Be...

renault 5

e fui eu para os mouros verdadeiros,
e não é que os gajos levam 5
Que à coisas fantásticas?
Lindo.
eu em marrocos,
e não é que os mouros levam 5
5.
O equilíbrio é fantástico.
5.
No meio está a virtude.
Obrigado FCP

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

The Go-Betweens - Head Full of Steam - Live on UK TV - 1986

é pá que grande banda que vi no antigo Vale Formoso.
Muito Bons.
e que grande música.

o pápa baí a Santiago.......

ú qe bai ú pápa fazêre a Santiago?
400.000 mil euros?
Compostela ou Campo de Estrelas não é do pápa.
É de Santiago.

trabalho grátis(só para amigos)



on the road

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

vou visitar os mouros

fechado até terça.
bou para africa.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

terça-feira, 2 de novembro de 2010

o carlos daniel é benfiquista?

eheheh.
é só pérolas.ai ai sr director de informação da rtpn.
ó sr carlos daniel,é jornalista ou adepto?
ok.
mas diga.

na rtpn o carlos daniel não está melhor.Nem o Barça de mourinho.

eheheh
outra pérola de um parolo a falar de futebol.
ai,ai sr carlos daniel.
depois da goleada da sic,
a capital ejacula com 4x3
LOL

sicn na hora.benfica goleia lyon por......4x3.goleia?

eheheh.
estes lisbonários são uns vísionários.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Falcão - Meninos do Tráfico - ( Completo PARTE 1 )


Um documentário para reflectir o que pode ser o mundo aqui ao lado.
Do Brasil e de um ponto de vista muito bom.
Alerta.
(ep 1)

by rapper MV MILL

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Républica Federal do Porto

RFP
Já que não querem que portugal regionalizado,
que tal um país federal?
a alemanha é.
os estados unidos tambêm.
porque não nós tambêm?
Ok
Républica Federal do Norte.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

do rotatividade

LINDO
tira Maicon mete Otamendi. Tira Rolando mete Maicon... tira Sapunaru mete Fucile. Tira Varela mete Rodriguez... Tira Beluschi mete Ruben... tira Moutinho mete Souza.. enfim. Estou encantado.

AVB até pode nem ser campeão, até pode perder com o benfica.... mas já mostrou que é um bom treinador, condutor de homens.

De Luxo Porto

3 secos ao intervalo.
Lindo.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Estou farto de fados e touradas na rtp1 e afins

é pá eu detesto fado e touradas.
se a culpa é minha?
é.
aquilo é mau de mais.
e a capital insiste.....insiste......insiste.
fado?
o que é?
não conheço.
touros?
são animais.
"bou mandáre um mailê au prubedôre da rêtêpê)

"que se calem os bin laden!"

Grande JNdeLimaPC.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PORTO

21/10/2010 16h53 - Atualizado em 21/10/2010 18h03
Hulk marca duas vezes, e Porto se isola na liderança de sua chave
Brasileiro balança a rede em duas oportunidades na vitória do Dragão sobre o Besiktas, em Istambul. Rapid Viena bate o CSKA Sofia
Por GLOBOESPORTE.COM
Istambul
imprimir

Hulk marca duas vezes na vitória do Porto sobre o
Besiktas, pela Liga Europa (Foto: agência Reuters)
O Porto conquistou um ótimo resultado nesta quinta-feira, em Istambul. Com dois gols do brasileiro Hulk e outro de Falcão Garcia, o Dragão bateu o Besiktas por 3 a 1 e se isolou na liderança do Grupo L da Liga Europa. Bobô, ex-Corinthians, descontou para os donos da casa. A equipe portuguesa chegou aos nove pontos, três a mais do que o time turco, segundo colocado. No outro jogo da chave, o Rapid Viena bateu o CSKA Sofia por 2 a 0. Os dois clubes somam três pontos cada um.
Falcão Garcia abriu o marcador aos 26 minutos do primeiro tempo, dando início ao triunfo dos portugueses. O show do brasileiro começou na etapa final. Hulk ampliou para o Porto aos 14 e aos 33 da etapa final. Os gols foram ao melhor estilo do atacante.
No primeiro, Hulk aproveitou bobeada do zagueiro do Besiktas, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Arikan. No outro lance, o jogador passou por um marcador, entrou na área e chutou colocado para fazer mais.
Confira a classificação e os próximos jogos da Liga Europa
O Porto ainda teve dois jogadores expulsos no confronto. O zagueiro Maicon e o volante Fernando foram advertidos com o cartão vermelho. Enquanto o primeiro deixou a partida no fim da etapa inicial, o outro foi punido já no fim da partida.
BLOG BRASIL MUNDIAL F.C.: Hulk merece uma nova chance na Seleção? Opine!
Pelo lado dos turcos, o espanhol Guti não participou da partida. Por outro lado, os brasileiros Rodrigo Tabata, Mert Nobre e Bobô, que diminuiu o marcador já no fim do jogo, iniciaram o confronto como titulares.
Na próxima rodada do Grupo L, no dia 4 de novembro, o Porto vai enfrentar o Besiktar, no Estádio do Dragão. Já o Rapid Viena encarar o CSKA Sofia, no Ernst Happel, na Áustria.

Prefab Sprout- All the world loves lovers

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

de um parolo benfas a falar a sério.

eles são parolos.
Já sabemos.
Mas quando lhes foge a boca para a verdade,
é isto.

No liceu, sempre me esforcei por tocar nos intocáveis, o que pode ser lido em vários sentidos, quase nenhum deles agradável. No meu caso, os intocáveis eram aquelas figuras santas (andei em colégio católico), iluminadas e imaculadas que peroravam sobre tudo e mais umas botas sem que ninguém as pusesse em sentido. Verdade seja dita, nem sempre fui bem-sucedido. Mas, ao menos, tentei. E tentei de tal modo que acabei por me viciar. Quando cheguei à Universidade, aprimorei as minhas capacidades e, depois de algum tempo em Bruge, lancei mão de todas elas. Não porque me agradasse particularmente o ambiente, mas exactamente porque o ambiente não me agradava muito. Os cagões e os mariquinhas é que viram as costas e eu, ao contrário dos estudantes franceses que lutam contra o aumento da idade de reforma quando nem sequer é certo que arranjem um emprego com a idade actual, gosto de me travar de razões com pessoas desmerecedoras em assuntos merecedores. Por isso é que não sou capaz de ficar calado depois do jogo de hoje. Antes de qualquer outra coisa, permitam-me um desabafo: espero que o senhor Sarkozy obrigue aqueles baldes de merda a irem do trabalho directamente para a cova. Dito isto, é fundamental sublinhar que o Benfica, hoje, foi RIDÍCULO. Que considerar Aimar um grande jogador é insultar grandes jogadores como o Rui Costa. No campeonato português é fácil, ó Pablo, mas também te pagamos para jogares - e o verbo basta - na Champions. E que substituir Aimar por Jara é relembrar a metáfora que Mourinho utilizou para falar de Jesualdo, com a diferença de que aqui não estamos na presença de um burro, mas de um micróbio. Não é que o Lyon não jogue bem, que joga, sobretudo quando parece estar sozinho em campo. Mas o jogo de hoje foi o continuar a cavar depois de se ter batido no fundo berlinense. E não me lixem: esta época, pré-época, o-raio-que-vos-parta-época foi mal planeada, mal estruturada e, sobretudo, mal compensada. Certo, é difícil substituir Ramires, mas, porra, não há nenhum lateral-direito no globo todo que possa substituir o Maxi com qualidade de vez em quando? E não existe em região alguma da Europa um perneta que possa encostar o César Peixoto? E agora pergunto eu, com palavrão e tudo: mandámos o Urreta embora porquê, caralho?! Para irmos buscar o Salvio, que, nas palavras do treinador, ainda tem muito que aprender? Ou terá sido para dar 8.5 milhões pelo Gaitan, que hoje mal pôs os cotos em campo? Venham de lá essas respostas, ó sabichões, mas, de preferência, sem as costumeiras lições de moral. É que eu não apoio gajos que não são capazes de se apoiar a si próprios.

E íamos nós ser campeões da Europa! Só se fosse na categoria das figuras tristes.

Prontos

é só rir

Lyon 2.o slb
vende-se.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

"Eu carolina" by Jorge Fiel.Fantástico.

Amigo Jorge Fiel,
desculpe o roubo mas é muito bom.

Se eu fosse o Jerry Bruckheimer, adaptava o livro de Carolina ao cinema

A minha decisão não foi tomada de ânimo leve. Só comprei o «Eu, Carolina» depois de me terem garantido que não fazia parte dos planos de Eduardo Prado Coelho analisar com detalhe o livro referido no suplemento Mil Folhas.

Mal soube isto, meti as mãos à obra e passei pela vergonha de passar com o livro pela caixa da Fnac. Vá lá que não foi caro (9,80 euros).

Era indispensável que alguém fizesse uma abordagem séria ao maior sucesso editorial no panorama literário português desde o saudoso Código Da Vinci, de Don Brown.

Era fundamental que alguém mergulhasse com conta, peso e medida (ou seja, da maneira como devem ser tirados os centros no futebol) na obra que atirou Margarida Rebelo Pinto para a lista de clientes da 4Nails, visto ter começado a roer furiosamente as unhas.

Se o bom do Prado Coelho se escusava a desempenhar esta tarefa, eu não tinha outro remédio se não assumi-la. Como mais tarde ou mais cedo perceberão (como é óbvio os mais espertos são os que perceberem mais cedo) não sou homem para fugir às minhas responsabilidades.

Lido o «Eu, Carolina» ontem à noite à noite, no Alfa, entre Santa Apolónia e Coimbra B, posso desde já garantir-vos que se fosse Jerry Bruckheimer (um velho sonho meu) não teria a menor das dúvidas. Há aqui material para um blockbuster, provavelmente com o titulo «In the heat of the night».

O resultado da minha leitura foi o post mais longos da história curta mas gloriosa da blogues do Expresso. Lamento. E para não maçar excessivamente os leitores, resolvi subdividi-lo em partes: 13 Prémios, 25 Perguntas, 16 Personagens e 1 Passatempo.

13 PRÉMIOS

Prémio Daaah...

O livro é dedicado ao Jorge Nuno: «Sem ele este livro não teria sido possível».

Prémio Confissão Despropositada (já sabiamos)

«Apesar de não ter ainda trinta anos, a minha experiência de vida já é longa»

Prémio Amor Filial

«A falta que o meu pai me fazia era tanta que cheguei a esperar nas bombas de gasolina só para o ver afixar à porta do restaurante as ementas do dia».

Prémio Mulher de Bom Gosto

«A primeira vez que entrei no Calor da Noite foi durante o dia, a casa estava completamente vazia. Fiquei completamente fascinada com o espaço. A decoração era linda, envolvente. sofisticada»

Prémio Confissão do Ano

«Confesso que ganhei muito dinheiro trabalhando no Calor da Noite, um bar de alterne»

Prémio Voluntariado

«Eu sentia-me uma espécie de conselheira matrimonial, sentia que a minha presença ali (no Calor da Noite), valia de alguma coisa, era útil»

Prémio Atracção Fatal

Quando viu pela primeira vez Pinto da Costa no Calor da Noite, o corpo de Carolina reagiu: «As minhas pernas começaram a tremer, senti um frio no estômago».

Prémio Carreira de Sucesso

«Do ponto de vista financeiro, a minha aposta estava a resultar em cheio. Numa semana, no bar, eu facturava tanto como num mês inteiro a trabalhar de hipermercado em hipermercado»

Prémio Noiva em Fuga

«Estava em pé (no Calor da Noite), à nossa espera, o senhor Pinto da Costa, que se preparava para me cumprimentar com um beijo na cara, mas eu estendi-lhe a mão, como fazia com os outros clientes. Senti-o constrangido com esta minha atitude e fiz questão de me retirar, no que fui impedida pelo senhor Reinaldo Teles»

Prémio Revelação

Pinto Costa começou-a a levar a casa todos os dias... até que «certa noite, ao despedir-se de mim, não me deu um beijo na cara, como era usual, mas um beijo na boca, que me deixou sem palavras, mas segura de que estava a fazer-me a corte».

Prémio Combate ao Colestorol

«Como o Jorge Nuno padece de diabetes, tinha imenso cuidado com a sua alimentação que queria saudável, sempre à base de carnes brancas e grelhados. Retirava até o miolo do pão, quando lhe preparava uma sanduiche, para impedir o aumento dos niveis de colestrerol»

Prémio Fada do Lar

«Eu cortava-lhe as unhas dos pés, aparava-lhe os pêlos das orelhas, e, qaundo chegava, ao queixar-se de cansaço, tentava atenuar-lhe fazendo-lhe massagens nas pernas. Dava-me imenso prazer fazer.-lhe esfoliações, que ele achava 'serem coisas próprias de mulheres e de maricas'. E cortava-lhe o cabelo.

Prémio Momento Zen

«Quando o Papa me tocou e acariciou a face, parei no tempo, paralisei, perdi o sentido da audição, apenas sentia uma espécie de eo que soava longinquo na minha mente e, para meu desespero, não fui capaz de perceber claramente as palavras que me dirigia»

QUESTIONÁRIO

1. Qual é o segundo nome de Carolina?

a) Carolina Vanessa

b) Carolina Sofia

c) Carolina Cláudia

2. Qual é o único sítio que Carolina conhece em Lisboa?

a) Museu Nacional de Arte Antiga

b) Hotel Altis

c) Elefante Branco

3. Que animal Carolina levou para a aula de Geografia?

a) um porco espinho

b) um gato

c) uma pulga evadida de um circo de pulgas amestradas

4. O que é que a Carolina Salgado e a Luciana Abreu (a popular Floribella) têm em comum:

a) joelhos de futebolista, pois ambas jogaram futebol feminino no Coimbrões;

b) terem nascido em Gaia

c) ambas usam cuecas de fio dental roxo

5. Como se chama o restaurante do pai de Carolina?

a) No Calor da Noite

b) Davilina

c) O Paraíso das Francesinhas

6. A canção que tocava no Calor da Noite no momento do encontro fatal entre Carolina e Jorge Nuno era:

a) Summer of 69, de Bryan Adams

b) Brand New Day, de Sting

c) Tengo La Camisa Negra, de Juanes

7. Qual é o nome do homem de 40 anos que desgraçou a vida da Carolina?

a) Jorge

b) ela não revela

c) Tino de Rãs

8. De acordo com Carolina, onde fica o Regalo do Boi?

a) na rua Costa Cabral, uns 100 metros adiante do Calor da Noite, para quem vai em direcção ao Marquês

b) no cu da vaca

c) no Cais da Gaia

9. Qual foi o primeiro carro de Carolina?

a) Ford Fiesta

b) Opel Corsa

c) Mini Clubman branco de 1974

10. Qual é o clube do coração do pai de Carolina?

a) FC Porto

b) Boavista

c) Candal

11. Que peça de roupa era proibida pelo sr Torres, o porteiro do Calor da Noite?

a) cuecas de algodão branco

b) calças de ganga

c) collants de rede

12. Onde é que a irmã gémea de Carolina pensava que ela estava quando na realidade alternava no Calor da Noite?

a) na Revisão do Jornal de Notícias

b) nas bilheteiras do cinema

c) a servir à mesa tripas no Paju, o restaurante da rua Faria Guimarães que está aberto até às quatro da manhã

13. Onde é que Carolina e Jorge Nuno dormiram pela primeira vez?

a) Ibis, junto à ponte da Arrábida

b) Hostal dos Reis Católicos, em Santiago de Compostela

c) Hotel Altis, em Lisboa

14. Que roupa usou Carolina na primeira noite?

a) Uma camisola número 99 do Vítor Baía

b) Um pijama azul coberto com pequenos elefanates comprado no Corte Inglês de Vigo

c) Um conjunto completo de lingerie preta, incluindo ligueiro, da Victoria Secret

15 Qual é o prato preferido de Pinto da Costa?

a) almôndegas com o molho sueco comprado no Ikea

b) arroz de frango acompanhado de ovos estrelados

c) tripas à moda do Porto

16. O que queria dizer Jorge Nuno quando apertava três vezes seguidas a mão de Carolina?

a) Acende um cigarro depressa que eu estou quase a largar-me

b) Gosto muito de ti!

c) Cuidado com o que dizes pois pode haver microfones

17. Qual é o nome do cão preferido de Pinto da Costa?

a) Bobbie

b) Dragão

c) Ken

18. Qual o nome do gato preferida de Jorge Nuno?

a) Tareco

b) Tucha

c) Barbie

19. Qual é a única bebida alcoólica que o presidente portista aprecia?

a) champanhe

b) sangria

c) campari

20. O que é que lhe acontece depois de beber álcool?

a) sofre um ataque de priapismo

b) adormece quase de seguida

c) levanta-se e canta o Hino Nacional de punho erguido

21. Qual é o maior sonho de Jorge Nuno?

a) voltar a ganhar a Champions

b) ter 101 cockers

c) amantizar-se com Maria José Morgado

22. O que fez quando soube que Mourinho ia para o Chelsea?

a) ligou ao treinador a insultá-lo

b) tomou um calmante

c) refugiou-se na casa de banho com um ataque aguda de flatulência

23. O que é que a mulher de Reinaldo Teles deveria dizer à PJ para explicar a ausência do marido?

a) Ainda não voltou do trabalho

b) Não dormiu cá, de certeza que passou a noite com uma amante

c) Quem é o Reinaldo?

24. Que petiscos eram oferecidos aos árbitros que visitavam a casa de Carolina e Jorge?

a) um cesto de fruta

b) café e chocolatinhos

c) café com leite

25. O que é que disse Carolina aos agentes da PJ que lhe revistaram a casa?

a) Tenham cuidado que o Jorge pode ter um ataque cardíaco

b) Tenham cuidado porque o meu coelhinho pode ter uma ataque cardíaco e falecer de morte súbita

c) Não façam muito barulho para não incomodar os vizinhos

Para facilitar a vida aos leitores a resposta certa é sempre a b)

Quem acertou em 20 respostas e não leu o livro está dispensado de o comprar

PASSATEMPO FAÇA VOCÊ MESMO A LEGENDA

Viu a fotografia que encima este blogue?

Faça de conta que é jornalista e faça a legenda para esta foto, a constante da contra-capa do livro, uma feliz composição em que estão presentes uma cesta de fruta e os dois amantes, num ambiente aquático.

Recordo que nas vésperas do famoso jogo Estrela da Amadora-FC Porto, Pinto da Costa e António Araújo confirmaram ao telefone o envio de «fruta» ao quarto do árbitro Jacinto Paixão - ou, dito de outra maneira, já sinto paixão. Bebendo muita água, a bexiga aperta. E a acusação mais bichosa deste livro é a de foi Pinto da Costa que mandou Carolina Salgado (nada a ver com Ricardo Salgado, do BES) arranjar quem desse uma coça a Bexiga.

GALERIA DE PERSONAGENS

Afonso. O motorista e guarda costas de Pinto da Costa. Levou-a a Vilamoura quando ela entrou em estado de choque, bebeu o seu primeiro whisky e desmaiou, ao ler que Pinto da Costa estava casado com Filomena. Mais tarde, em Abril do corrente ano, Afonso tê-la-á agredido (à Carolina)

Alexandre. Filho de Jorge Nuno e da doutora Manuela. Ficou contente ao saber do caso do pai com Maria Elisa, «visto não suportar a Filomena». Alexandre não gosta da irmã - «ainda perco a cabeça se os enconto» - e está de relações cortadas com o pai

Carolininha. A filha de Carolina Salgado (nada a ver com os Salgados do BES) e do malfeitor anónimo que lhe desgraçou a vida. «Comia sempre de faca e garfo, o que fascinava o Jorge», que não raro «dormia com ela aconchegada» (mau...). «Ao ver que a minha filha era o centro das atenções do Jorge, o meu amor por ele crescia mais e mais, sentia que o meu coração estava prestes a rebentar»

Doutor Lourenço Pinto. O advogado de Pinto da Costa, tratava-a carinhosamente por «filha» (atendendo à diferença de idades entre ambos bem a podia tratar por neta...) . Não terá ficado satisfeito com o resultado de agressão ao vereador Bexiga: « Oh, minha querida, mas ele ficou a falar!» Carolina defendeu-se: «Mas eles partiram-no todo!». Mas o advogado terá insistido: «Sim, mas ficou a falar!»

Doutora Manuela. A primeira esposa de Jorge Nuno que a abandonou por que a Filomena, a sua secretária, se lhe apresentou grávida de Joana

Fernando Gomes. Economista, ex-basquetebolista e administrador da SAD do FCP. «Um homem muito reservado, de olhar inteligente»

Doutor Póvoas. Carolina considera-o um pombo correio de Maria Elisa. Não gosta dele, acusando-o mesmo de adultério «com uma cantora conhecida da nossa praça». Acusa-o ainda de lhe ter induzido uma espécie de cura do sono, «que me prostrou até à inconsciência». «Com os remédios que o doutor Póvoas me prescreveu, passei a viver num estado de sonolência, sem vontade de reagir nem a nada nem a ninguém»

Fernando Santos. «Um homem bondoso»

Filomena. Mãe de Joana e esposa de Jorge Nuno. Segundo Carolina, o seu ex-amante acabou a relação com ela porque a achava «entediante». Segundo Carolina, Filomena enviava-lhe «mensagens horriveis para o telemóvel e fazia dclarações para a revistas cor de rosa dizendo que ia transformar a minha vida um inferno»

Joana. Filha de Jorge Nuno e da sua ex-secretária Filomena. Começou por se dar mal com Carolina, que em 2003 teve um conversa séria com ela, garantindo-lhe que as suas intenções eram honestas, que não queria ocupar o lugar da mãe nem virar o pai contra ela. Mais tarde as coisas azedaram e Carolina deu-lhe dois estalos num restaurante

Joaquim Oliveira. Um mãos largas. «Proprietário de um grande império ao nível dos media». «Apresentou-se sempre perante mim como muito culto, humano, bem educado e de diálogo fácil. A sua presença no Calor da Noite era sempre sinónimo de festa de arromba. Como era sempre ele que pagava a despesa, os outros aproveitavam para beber champanhe à vontade sem se preocuparem com os custos»

Maria Elisa. Jornalista da RTP com quem Jorge Nuno (cuja mãe se chamava Maria Elisa) namorou pelo por menos duas vezes. «Não precisando de me provar nada, o Jorge Nuno fez questão de me mostrar fotografias dos dois a passear de barquinho, julgo que em Veneza, e de me ler cartas que a jornalista lhe tinha escrito».

Manuel Tavares. Director do Jogo, «um portista de gema, pessoa da grande categoria intelectual e que estava sempre disposto a 'aturar' as boas e más disposições do Jorge Nuno, visto que eam amigos de longa data. De todos os jornalistas que conheci, considero o senhorManuel Tavares o melhor. Respeitou-me sempre, dizia que me gostava de ver de gravata e guardo também as melhores recordações da sua esposa, senhora de uma verdadeira simpatia e simplicidade, apesar de ter uma educação universitária».

Octávio. «Uma pessoa simpática, sociável e divertida, com a qual almocei e jantei variadissimas vezes»

Reinaldo Teles. O administrador da SAD do FC Porto era «um cliente habitual» do Calor da Noite e é, segundo Carolina, «uma pessoa muito influente da nossa sociedade»

Senhor Armando. O dono do Calor da Noite é, nas palavras da sua ex-empregada, «um homem muito caricato, bem disposto e com um sorriso maroto, que fazia lembrar o Quim Barreiros, se lhe tirarmos o bigode. Embora já não sendo muito jovem, trazia sempre o cabelo pintado de negro e a unhas impecavelmente arranjadas».



publicado por Jorge Fiel às 10:58